29 de mai de 2013

Ponto de Impacto - Dan Brown

Olá, leitores! Neste segundo post achei interessante abordar um livro mais atual, que trata de uma conspiração científica.
Ponto de Impacto, escrito por Dan Brown, fala sobre a descoberta de um meteorito na geleira Milne, no Ártico, com fósseis de uma espécie de inseto nunca vista antes - uma prova da vida extraterrestre. A NASA, por sua vez, utiliza dessa descoberta para contornar problemas em credibilidade da agência espacial.
Para verificar a autenticidade da descoberta, a Casa Branca envia a analista Rachel Sexton para o local junto com uma equipe de especialistas. Depois de tantas incoerências, Rachel se depara com uma possível fraude científica. Na tentativa de comunicar ao presidente as tramas da NASA, Rachel e o pesquisador Michael Tolland são perseguidos por assassinos profissionais contratado por alguém que quer encobrir a verdade.
Presos numa geleira, sem ajuda, eles tentam desvendar a autoria de tal falcatrua. Onde acabam se envolvendo em tramas inimagináveis.
Esse livro, para mim, foi fascinante. ADOREEEEEEEEI. Epretendo ler novamente só para ter mais desse gostinho.
Desculpem pelos post curtos, estou um pouco sem tempo, mas prometo melhorar nos próximos resumos.
◕‿◕

24 de mai de 2013

Iniciando... A Luneta Mágica - Joaquim Manuel de Macedo

Blogueira quase profissional (brincadeira), que ama ler e escrever. Decidi criar um blog por essa minha grande paixão - a leitura. Trazendo sugestões de livros que gostei muito e daqueles que desconsidero da minha humilde lista não-profissional. Começando assim, explicando o título do blog: A Luneta Mágica.
Um livro de Joaquim Manuel de Macedo, que gostei muito e achei bem interessante para o tema do blog.
A Luneta mágica conta a história de um homem, chamado Simplício, míope e com grande desejo em enxergar. Quando conhece Reis, eles vão em busca de um sujeito misterioso que lhe oferece lentes mágicas, mas avisa ao moço, as lentes lhe darão a visão do mal depois de olhar para algo ou alguém após três minutos. Simplício não se preocupa com tal característica. E, assim, vendo o mal das pessoas, acabou isolado do mundo, deixando todos crer numa loucura. Logo em seguida que se desfaz dessa lente, volta a se encontrar com tal sujeito, considerado mágico, lhe deu outra lente, mas desta vez com a visão do bem. Causando uma ilusão, e caindo nas mãos de golpistas.
Ficando sem rumo, o homem toma um atitude radical...